Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2015

Anomalia renal unilateral em um cão

Canídeo de aproximadamente três anos de idade, sem raça definida, do gênero masculino, reprodutivamente ativo, porte médio. Foi atendido na clínica veterinária por apresentar disúria e/ou anúria, disquesia e hipo ou anorexia. 
Ao exame ultrassonográfico notou-se diversas formações arredondadas e de superfície lisa e hiperecóica sedimentadas em lúmen de vesícula urinária (paciente em decúbito dorsal), produzindo intensa e límpida sombra acústico posterior. Cada uma das estruturas media aproximadamente 1,00 cm de diâmetro, quando era possível isolá-las para mensuração, já que à manobra de balotamento, devido ao peso, os cálculos não flutuavam tão facilmente. 

A próstata do paciente apresentava dimensões aumentadas e heterogeneidade notável de parênquima, com características raiadas e singulares. 
Era possível observar espessamento discreto da parede da bexiga, já que sua repleção era intensa, mesmo com a sonda uretral presente e bem posicionada - característica constatada através da ultras…