Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2010

Alterações renais e massa em abdomen de um felino

O linfoma é a principal neoplasia a atingir os felinos em idade jovem (entre 2 e 8 anos de idade) e causa sintomas pouco específicos, por isso a observação cuidadosa de todos os órgãos abdominais deve ser feita em gatos que apresentam histórico de emagrecimento súbito, perda de apetite, diarréia e vômitos.  Aparentemente as formas mais comuns de linfoma encontradas nesse espécie são as intestinal - conhecida como linfoma alimentar - e a renal, podendo se alastrar para outros órgãos facilmente. Felizmente a doença pode ser controlada por quimioterapia e muitos casos apresentam regressão e recuperação total do paciente. 
Esse felino foi encaminhado ao ultrassom por estar com os exames bioquímicos de função renal e hepática um pouco alterados e não apresentar nenhum tipo de sintoma anormal. 
O que se vê nas imagens é o aumento concêntrico da região cortical de ambos os rins, não ocasionando nenhum tipo de alteração palpável dos mesmos, mas sim a perda de arquitetura interna e a diminuição s…

Suspeita de PIF e cistos renais em um felino

A peritonite infecciosa felina (PIF) é uma doença silenciosa e fatal causada por uma mutação do coronavírus causador da infecção intestinal em gatos. Seu período de incubação é de aproximadamente dois meses e os principais sintomas são bastante inespecíficos como apatia, hiporexia, prostração, inapetência, êmese, diarréia e picos febris, além de sintomas respiratórios bastante similares aqueles vistos no complexo respiratório felino. Alguns animais podem apresentar icterícia passageira acompanhada de sintomas renais. Nem todos os pacientes terão a forma efusiva da doença, apresentando aquilo que é chamado de peritonite seca. 
As imagens mostram uma grande quantidade de líquido livre no abdômen e a presença de cistos renais. Cistos renais e edema subcapsular podem ser observados em pacientes com PIF, bem como em pacientes com linfoma - tratando-se de felinos - daí recomenda-se a coleta do líquido encontrado na cavidade e posterior análise laboratorial do mesmo. Um indicativo macroscópic…

Cistos renais subcapsulares em um felino

As raças de cães foram rigorosamente selecionadas ao longo de séculos para servir e agradar ao ser-humano. Os gatos também sofreram algumas modificações em nome, especialmente, da estética, já que sua função principal era e ainda é a de caçar pequenos inquilinos indesejáveis que insistem em adentrar em nossos lares e locais de armazenamento de comida. 
Com funções menos específicas que as dos cães, alguns gatos foram fisicamente escolhidos para se reproduzir devido às suas características físicas um tanto bizarras como a braquicefalia extrema do Persas, a hipotricose dos Sphynx, as pernas curtas e varas do Munchkin, a polidactilia dos felinos criados por Ernest Hemmingway em sua propriedade (hoje considerados parte viva do museu em homenagem ao escritor inglês), dentre outras.
Felizes com os resultados de suas criações genéticas, pouco se sabia que certas características físicas curiosas trazem consigo predisposições a doenças crônicas e incuráveis, como é o caso da doença renal policí…

Dilatação gástrica gasosa em um canídeo

Cães de porte grande e gigante são sabidamente propensos a dilatação e ao volvulo (torção) gástrico, que normalmente resulta da combinação de alimentos altamente fermentáveis como os carboidratos e exercícios pós-prandiais. Algumas raças mostram uma tendência mais alta a tais acontecimentos, como o Rottweiller, o Labrador, o Golden Retriever, o Dogue Alemão, o Cane Corso, o Dogo Argentino, dentro outros com conformação física similar (tendência à obesidade e porte grande). 
Essa paciente mostrou-se prostrada e com aumento abdominal visível em região hipocôndria esquerda. Mesmo já havendo a suspeita de dilatação, a paciente estava responsiva e lúcida, daí foi submetida ao exame de ultrassonografia. Vê-se na imagem a parede abdominal seguida da parede gástrica bastante distendida por um conteúdo misto de, especialmente, gases e alimento pastoso. A paciente foi levemente sedada e submetida ao esvaziamento gástrica manual não-invasivo.
A ultrassonografia não é um exame recomendado caso o p…

Possível reação ao fio de sutura utilizado em esplenectomia

Muito práticos, os fios de sutura absorvíveis de origem orgânica, como é o caso do catgut (do inglês cattle gut, que quer dizer vísceras de gado), e alguns polifilamentados, podem causar reações alérgicas em certos pacientes mais sensíveis, formando desde um processo de fibrose exagerado até um abscesso de proporções inimagináveis.
Essa paciente sofreu um grave trauma e o consequente rompimento de uma porção do lobo hepático esquerdo e da ruptura total da cápsula esplênica, forçando a realização de um procedimento cirúrgico de emergência para conter os focos de hemorragia interna. 
Uma semana após a esplenectomia radical, esse exame de ultrassonografia foi realizado, mostrando esse cisto trabeculado, bem delimitado e com áreas de fibrose na região onde antes estava o baço. A imagem condiz com a possibilidade de se tratar de uma reação alérgica ao fio de sutura utilizado, já que a paciente em questão é bastante jovem - menos de 1 ano de idade - e não tem histórico familiar de doenças neo…