Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2010

Cálculos renais e calcificação renal em um felino

Essa paciente possuia um histórico de glomerulonefrite tratada há aproximadamente um mês e estava clinicamente estável. O exame ultrassonográfico foi indicado para controle e verificação da condição atual dos rins. 
As imagens mostraram sinais típicos de insuficiência renal crônica, com diminuição generalizada do tamanho dos rins, perda do formato externo ideal e ausência ou pouca definição córtico-medular. Também observou-se a presença de calcificação da pelve renal no rim direito e cálculos no rim esquerdo. A calcificação pode ser advinda da ocorrência prévia de glomerulonefrite, devido à lesão causada por essa doença. A formação de um cálculo verdadeiro, como no rim esquerdo, pode ser conseqüência da própria calcificação que evoluiu.

Hidronefrose severa em ambos os rins de um felino

Essas imagens vieram de um paciente com apenas dois anos de idade, diagnosticado clinicamente como insuficiente renal crônico. Seu histórico era um pouco obscuro, porém, os exames laboratoriais de análise sangüínea e urinária eram claros quanto à uma grave alteração no funcionamento renal.

O que se observou durante o exame de ultrassonografia foram rins com alterações típicas de hidronefrose. Tamanho geral anatômico, porém perda da arquitetura interna, aumento severo da pelve, estreitamento da camada cortical, deformação do formato externo fisiológico. A hidronefrose pode ter várias causas, dentre as principais estão a obstrução do(s) ureter(es) e a insuficiência/falência renal. No primeiro caso, a hidronefrose deve-se ao próprio processo obstrutivo, que impede a eliminação da urina para a bexiga; no caso de insuficiência/falência renal, o funcionamento dos rins está comprometido ou até nulo, por isso, o acúmulo de líquido - muitas vezes não filtrado - acaba por se formar.

Quando um …

Alteração testicular macroscopicamente benigna em um cão

Cão idoso, macho, de grande porte com intensa edemaciação testicular encaminhado para um exame de ultrassonografia. A suspeita principal e inicial é de se tratar de uma neoplasia com alto poder de metástase. 
Após uma inspeção cuidadosa da prostáta, que não apresentou alterações, uma ultrassonografia dos testículos revelou uma provável alteração benigna, com características mais inflamatórias, uma vez que o parênquima continuava homogêneo, o septo preservado e a diferenciação testículo-epidídimo era visível. 
Apenas exames laboratoriais confirmarão o diagnóstico correto, porém é possível ter um parâmetro prévio com o exame ultrassonográfico detalhado.

Alterações em ambos os rins de um felino

Esse caso ilustra as constantes alterações renais encontradas na clínica de gatos domésticos. Essa paciente, em particular, não tinha idade avançada, porém noto que a idade do gato não parece influenciar muito no aparecimento ou não de doenças renais. 
O que foi visto nas imagens é bastante preocupante, pois o rim esquerdo mostra diminuição total de tamanho, deformação estrutural interna e a presença de um cálculo pélvico de tamanho bastante significativo; enquanto o rim direito tem tamanho normal, porém aumento concêntrico da área cortical, levando à uma diminuição da região medular. Interessante observar que essa quase ausência de médula renal direita estava presente mesmo com a administração constante e intensa de fluidoterapia endovenosa. Pode-se concluir empiricamente que a função renal dessa paciente está seriamente comprometida, uma vez que o rim direito não parece estar suprindo a provável falência renal esquerda. 
Casos que envolvem aumento concêntrica da região cortical do rim…