segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Alterações renais e massa em abdomen de um felino




O linfoma é a principal neoplasia a atingir os felinos em idade jovem (entre 2 e 8 anos de idade) e causa sintomas pouco específicos, por isso a observação cuidadosa de todos os órgãos abdominais deve ser feita em gatos que apresentam histórico de emagrecimento súbito, perda de apetite, diarréia e vômitos. 
Aparentemente as formas mais comuns de linfoma encontradas nesse espécie são as intestinal - conhecida como linfoma alimentar - e a renal, podendo se alastrar para outros órgãos facilmente. Felizmente a doença pode ser controlada por quimioterapia e muitos casos apresentam regressão e recuperação total do paciente. 

Esse felino foi encaminhado ao ultrassom por estar com os exames bioquímicos de função renal e hepática um pouco alterados e não apresentar nenhum tipo de sintoma anormal. 

O que se vê nas imagens é o aumento concêntrico da região cortical de ambos os rins, não ocasionando nenhum tipo de alteração palpável dos mesmos, mas sim a perda de arquitetura interna e a diminuição significativa da área medular, comprometendo a função renal. Essas imagens combinadas com a visualização de uma massa apresentada na figura central, bastante compacta com a presença de alguns cistos em seu interior, leva a crer se tratar de um caso de linfoma, uma vez que a principal alteração renal é o aumento concêntrico da região cortical  acompanhado ou não de edema subcapsular - caracterizado por uma linha anecóica ao redor de todo o rim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário