quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Útero não gravídico



Aqui o útero é observado em uma paciente - canina - em seu estado natural, logo após o cio. Repare que a ecogenicidade é pouco evidente, por isso deve-se sempre utilizar a bexiga como janela acústica para a melhor visualização deste órgão.
Para diferenciar o órgão do cólon, deve-se observar se há algum sinal de peristaltismo (que é muitíssimo suave no intestino grosso), mantendo o transdutor sobre a bexiga por pelo menos cinco minutos. O cólon normalmente contém material pastoso com alguns pontos de gás, o que definitivamente não deve ser observada no útero.
O útero com piometra é grande, ocupa a cavidade abdominal de maneira bem mais evidente. Às vezes, cadelas pós-cio ou em período puerperal podem apresentar sinais similares ao inicio da piometra, devendo ser monitoradas com cuidado e manter a correlação com a clínica da paciente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário