segunda-feira, 8 de março de 2010

Linfoma intestinal em um felino



Linfomas são o tipo de neoplasia mais comumente encontrado na clínica de felinos. Dentre todas as variedades existentes, a que mais rotineiramente eu vejo nos exames ultrassonográficas é a intestinal.

Neste caso a desconfiança de se tratar de um linfoma intestinal é alta, por dois motivos principais. O primeiro é que há um aumento significativo de todos os linfonodos mesentéricos (como observado na segunda figura) e o segundo, é que a camada da parede intestinal que está mais espessada é a submucosa. Quando se trata de doença intestinal inflamatória, a camada mais afetada é a própria mucosa, bem como nos casos de tríade felina, sem contar que nesse caso, a inflamação é restrita ao duodeno. Nos casos de neoplasia, dificilmente as camadas são distintas.

Naturalmente, a única maneira de se ter certeza é com a biópsia, como foi feita nesse caso. O resultado do exame confirmou a suspeita de tratar-se de um linfoma e a paciente está sendo devidamente medicada.

O por quê de eu ter postado essa imagem é a importância de se atentar para as camadas do intestino, muitas vezes negligenciadas por muitos veterinários pois normalmente não há uma indicação específica para o intestino. Por isso, ajuste a freqüência de seu transdutor para uma bem alta (10MHz) e procure bem. Boa sorte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário