sábado, 10 de julho de 2010

Líquido livre e pregueamento de alças intestinais em um felino



Gatos são sempre criaturas misteriosas, tanto em seus comportamentos como para os clínicos veterinários. Esse paciente não foi nenhuma excessão e se mostrou igualmente difícil. 

Após haver sumido por 15 dias, o paciente retornou ao lar com uma aparente dificuldade respiratória e foi encaminhado à clínica. Durante o exame de rotina e a coleta de urina por cistocentese, o paciente apresentou um quadro de insuficiência respiratória seguida de cianose, êmese e defecação/micção involuntárias.

Durante o exame de ultrassonografia, mais uma vez apresentou-se cianótico e nauseado. O exame mostrou uma grande quantidade de líquido livre no abdômen e o pregueamento de uma porção das alças intestinais, sugerindo corpo estranho linear. Outro fato interessante observado foi o de que a vesícula biliar encontrava-se completamente repleta, mesmo diante de um episódio emético agudo e severo. 

O animal ficou apático durante todo esse dia e o líquido cavitário foi coletado, sendo posteriormente laudado como exsudato. A aparência física do líquido era bastante sanguinolenta. 

Dois dias depois do exame, o animal voltava a se alimentar sozinho e a apatia havia desaparecido, bem como todo o líquido intraabdominal e a plicatura das alças intestinais. Curiosamente, apesar da repleção estomacal, a vesícula biliar continuava igualmente repleta, indicando obstrução biliar. A dosagem de FA e GGT foi recomendada, porém, nenhuma demonstrou alterações. 

Um caso digno de um felino.

4 comentários:

  1. Muito bem escrito Fêr!!!! Parabéns!!!!
    Logo faremos teste de FIV/FeLV, assim como sorologia para PIF e teremos novas informaçoes!
    Até lá, nosso caso continua um mistério... :)

    ResponderExcluir
  2. e que mistério!

    obrigada pela visita Paty!!!

    ResponderExcluir
  3. adicionei teu link la no meu blog. vlw

    www.portalmedicinaveterinaria.blogspot.com

    ResponderExcluir