sábado, 2 de abril de 2011

Linfadenomegalia abdominal em um cão



Normalmente os linfonodos mesentéricos não são visíveis na ultrassonografia, porém, quando há alguma alteração, estruturas hipoecóicas arredondadas são facilmente identificáveis em meio a outros órgãos abdominais. 

Essa paciente tinha um quadro clínico de enterite severa e o aumento dos linfonodos mesentéricos provavelmente era proveniente dessa situação.

Em felinos, alterações como essas devem sempre levantar a suspeita de linfoma.Cães costumam ter outras causas para esse aumento linfático, porém, um exame de sangue completo é sempre recomendável em ambas as espécies.

Nenhum comentário:

Postar um comentário