Pular para o conteúdo principal

ASSISTÊNCIA VETERINÁRIA

🤓

Querido colega veterinário,
Você já sentiu que precisava de ajuda em um caso clínico e não teve a quem recorrer?

Sou muito curiosa, pesquisadora, estudiosa e dedicada, por isso, se você precisa de auxílio e quer uma opinião neutra, distante e "não concorrente", me mande uma mensagem.

Eu posso te ajudar com pesquisas, orientação de carreira, traduções, sugestões de compra e venda de aparelhos veterinários, sua auto-promoção em redes sociais e outras mídias, seu site... tudo isso à distância, na hora em você precisar. 

Não fique sozinho! Para crescermos e evoluirmos a troca de experiências é essencial e eu terei enorme alegria em poder te ajudar :) 

fernanda.vet@hotmail.com

#assistenciaveterinaria

* Esses serviços terão o preço de uma consulta veterinária. 

🤓Dear colleague, if you feel like you need help solving a clinical case, translating a document, elaborating a medicine protocol, promoting yourself on social media, adjusting your ultrasound device, interpreting an x-ray or blood exam, doing article and literature research, drawing or sketching an anatomical model, buying a complementary exam device, translating a document... please contact me! 

I can help you via internet with a neutral and fresh point of view. 
Don't be alone. Count on me. 

#veterinarianassitance

Fernanda.vet@hotmail.com 

* Theses services will be charged as a clinical consultation."

www.ultrassomveterinario.com 
WhatsApp +55 (41) 9188 1112
YouTube: Fernanda De Marchi Assunção 
IG @ultrassom.veterinario
FB /UltrassomVeterinario 

Comentários

  1. Please let me know if you're looking for a article writer for your weblog. You have some really great posts and I think I would be a good asset. If you ever want to take some of the load off, I'd love to write some articles for your blog in exchange for a link back to mine. Please shoot me an email if interested. Thanks! gmail login email

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi Siegfried. Thank you for your proposal.
      We could maybe think of something. Perhaps you can write here while I write some articles for you...? Please send me an email for more details :)

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Alterações esplênicas em cães

As alterações esplênicas em cães normalmente são avaliadas de maneira subjetiva pelo ultrassonografista, já que existe uma variação de porte do paciente bastante grande. Ao contrário da esplenomegalia em felinos, que pode ser observada pelo aumento longitudinal do órgão, esta afecção em cães é comumente constatada pelo aumento transversal do mesmo. 
Muitas são as causas da esplenomegalia, sendo importante destacar as hemoparasitoses, as parasitoses intestinais e epiteliais severas e as doenças endócrinas como hipotireoidismo, hiperadrenocorticismo e diabetes mellitus. 
Além do tamanho, o ultrassonografista deve estar atento à ecogenicidade esplênica, que de acordo com o macete "My Cat Loves Sunny Places" (M=medulla; C=cortex; L=liver - fígado; S=Spleen - baço; P=prostate) deve ser discretamente mais hiperecóica que o fígado e um pouco mais hiperecóica do que a camada cortical dos rins. 
Outro aspecto importante é a ecotextura deste órgão, saudavelmente homogênea e lisa, aco…

Líquido livre em cavidade abdominal

Muitas vezes o ultrassonografista se depara com líquido livre abdominal. Normalmente este é um motivo de grande preocupação clínica, pois pode representar várias afecções diferentes, inclusive as de ordem sistêmica.
Quando observado em cães, pode-se pensar em neoplasia abdominal, hipoproteinemia, peritonite, perfuração de órgãos quando há suspeita de corpo estranho, rompimento de bexiga, vasos ou órgãos parenquimatosos altamente irrigados como fígado e baço, afecções cardíacas, shunt portohepático, dentre outros.
Em gatos, as suspeitas recaem comumente em peritonite infecciosa felina (PIF), mas também podem representar as mesmas alterações dos cães. 
Gatos e cães altamente parasitados por ecto e endoparasitas cronicamente podem apresentar hipoproteinemia.
Uma centese ecoguiada desse líquido pode ser muito importante para o diagnóstico diferencial. Para isso, basta posicionar o paciente cooperativo em decúbito dorsal, encontrar a linha alba com o transdutor e localizar uma região afas…

Piometra de coto uterino - algumas apresentações

As imagens acima foram obtidas em exames ultrassonográficos diferentes de algumas pacientes da espécie canina; elas representam algumas formas de apresentação da afecção infecciosa de coto uterino.
Note os tamanhos variados de coto, a quantidade e as ecogenicidade e ecotextura variadas. 
Esse é um quadro mais comumente observado em paciente da espécie canina e normalmente os sinais aparecem poucos dias após a ovariosalpingohisterectomia (OSH). A explicação para esse acometimento para estar na frouxidão do miometro previamente dilatado pela gravidez, piometra ou cio, combinada ao excesso de tecido uterino deixado pelo cirurgião. A existência prévia de piometra não é um fator totalmente predisponente à formação de piometra de coto uterino, porém pode ser um agravante.